Facebook - OPAN Google+ - OPAN Twitter - OPAN Youtube - OPAN

Notcias

SELECT m.*, IF(LENGTH(fotos)<15 AND galeria=1,(SELECT id FROM w186_post_fotos WHERE post=m.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1),fotos) AS fotoprinc FROM w186_post AS m WHERE m.id=222 - 222

Bero das guas reinicia atividades

Por: Keka Werneck/OPAN
Desafio do Bero das guas apoiar a implementao de planos de gesto na bacia do Juruena.

O Projeto Berço das Águas, que desde 2011 apoia os povos Manoki, Myky e Nambiquara em gestão territorial na bacia do rio Juruena, reinicia suas atividades por mais dois anos.

Chegou a hora de colocar em prática algumas ações contidas nos planos de gestão elaborados pelos Manoki, Myky e Nambiquara da Terra Indígena (TI) Pirineus de Souza na primeira etapa do projeto. A Operação Amazônia Nativa (OPAN), realizadora da iniciativa, vai atuar também na TI Tirecatinga, com envolvimento total nos municípios de Brasnorte, Comodoro e Sapezal.

Esses são territórios protegidos, porém ameaçados pela pressão do desmatamento.

O grande objetivo do projeto Berço das Águas, patrocinado pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Ambiental, é fortalecer o protagonismo dos indígenas, apoiar formas tradicionais de manejo do território e a conservação da biodiversidade.

Além dos planos de gestão, o projeto já acompanhou os povos indígenas no manejo sustentável de pequi, seringueiras e outras espécies. Na produção de mudas nativas e frutíferas, coleta de sementes e ramas para várias finalidades, enriquecimento das roças tradicionais e na recomposição florestal de duas terras indígenas.

Entre as publicações oriundas da iniciativa, destacaram-se os cadernos “Jeitos de Fazer”, que reúne diferentes metodologias de elaboração de planos de gestão territorial indígena, e “Avaliação Ecossistêmica do Milênio e o pensamento indígena”, elaborado pelos indígenas e organizado pela OPAN e o GPEA da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Nessa segunda etapa, serão priorizados o plano de gestão territorial da TI Tirecatinga e várias ações indicadas pelos indígenas na fase anterior, como o beneficiamento de pequi e sementes florestais, além da construção de um viveiro coletivo, com cerca de mil mudas na TI Pirineus de Souza, onde haverá formação dos gestores da associação local.  Nessa fase, será publicado um livro sobre o manejo das roças indígenas e o clima e um caderno sobre a experiência de implementação dos planos de gestão territorial, fonte riquíssima de diversidade e exemplo de manejo de roças.

Essas são experiências que podem melhorar as condições socioambientais, inspirando toda uma região.

A bacia do rio Juruena é uma região de beleza natural exuberante. Abriga as nascentes do Tapajós, emolduradas por floresta amazônica e Cerrado.

Matrias relacionadas

05/10/2015
Cantemos o Juruena
10/09/2015
Seminrio em Lbrea
22/08/2015
Lbrea sedia debate sobre gesto territorial
03/08/2015
Territrio feminino
11/05/2015
Por um dilogo mais aberto
06/04/2015
Etnozoneamento em Mariwatsd
24/11/2014
Esperana de um outro futuro
08/09/2014
Paumari revisam plano de gesto
16/07/2014
Mais uma etapa do plano de gesto Nambiquara
30/06/2014
Jamamadi avana em plano de gesto
SELECT id, titulo, data, horario, fotos, post_sub_id AS post_sub_id, chamada, i_cadastro, arquivado FROM w186_post WHERE (i_publicacao<=NOW() OR i_publicacao=0) AND (i_expiracao>=NOW() OR i_expiracao=0) AND id!='222' AND post_sub_id=2 AND aprovado!=0 ORDER BY i_cadastro DESC LIMIT 0, 8
12/11/18 - V Festival Juruena Vivo
Uma proposta de intercmbio produtivo e cultural no noroeste de Mato Grosso
09/11/18 - A maior pesca Paumari
Com o manejo consolidado, povo Paumari do rio Tapau pesca 30 toneladas de pirarucu.
29/10/18 - Um encontro entre culturas
Evento indgena promoveu o compartilhamento de cultura entre etnias do Mato Grosso. Integrao entre povos fortalece sua luta.
26/10/18 - Licena para agredir
O ttulo inapropriado de uma reportagem foi o estopim para reaes ofensivas na internet contra indgenas do norte de Mato Grosso.
22/10/18 - Povo Paresi valida seu plano de gesto
PGTA apresenta pactuaes das nove terras dos Haliti Paresi.
22/10/18 - Expedio Rikbaktsa
Atividade complementa o etnomapeamento da Terra Indgena Erikpatsa, na construo do PGTA.
19/10/18 - Em defesa do meio ambiente
Sociedade civil divulga manifesto contra propostas de campanha que atacam meio ambiente
19/10/18 - Um erro e muitas confuses
Reportagem equivocada sobre 1 turno de eleies em aldeia provoca onda de agresses contra indgenas.
Todos os direitos reservados para a Operação Amazônia Nativa - OPAN
Website Security Test