14 de março de 2011

Por: Comunicação OPAN   Cuiabá (MT) – A OPAN abriu seleção para contratação de profissional de nível superior na área de administração para atuar no Projeto de Gestão Ambiental no Território Indígena Manoki, no noroeste de Mato Grosso. As inscrições vão até o dia 15 de abril de 2011. Confira o perfil requerido abaixo.   OPAN […]

Por: Comunicação OPAN

 

Cuiabá (MT) – A OPAN abriu seleção para contratação de profissional de nível superior na área de administração para atuar no Projeto de Gestão Ambiental no Território Indígena Manoki, no noroeste de Mato Grosso. As inscrições vão até o dia 15 de abril de 2011. Confira o perfil requerido abaixo.

 

OPAN CONTRATA
Seleção de Técnico de Nível Superior na área de Administração

A Operação Amazônia Nativa (OPAN) é uma organização da sociedade civil de direito privado, sem fins lucrativos, sediada na cidade de Cuiabá-MT, Brasil, fundada em 1969, desenvolve Projetos de Trabalho junto aos povos indígenas nas regiões Centro-Oeste e Norte do Brasil. O Programa de Apoio e Fortalecimento da Organização Indígena em Mato Grosso integra ações junto aos povos Enawene Nawe, Manoki, Myky e Xavante, que visam para fazer frente às pressões que afetam a reprodução física e cultural dessas populações.
No âmbito do Convênio nº 724094/2009 estabelecido entre a OPAN e o Ministério do Desenvolvimento Agrário-MDA, realiza-se o Projeto de Gestão Ambiental no Território Indígena Manoki, no noroeste de Mato Grosso; que visa o fortalecimento do manejo apícola e agrícola para a garantia da segurança alimentar e da geração de renda, garantindo a conservação do meio ambiente, no território do povo Manoki.

O edital seletivo visa a contratação de um Técnico Superior em Administração ou áreas afins para gestão administrativa e financeira do Convênio acima citado.

 

1. ATRIBUIÇÕES:

· Organizar o centro de custos, atendendo os prazos para recolhimento de encargos, o processamento e a guarda de toda a documentação contábil;

· Efetuar os lançamentos de toda a documentação financeira;

· Realizar todos os procedimentos administrativos, tais como solicitação de compras, tomada de preços, aquisições e pagamentos, bem como cuidar da correta emissão de notas fiscais;

· Organizar relatórios financeiros, com o lançamento de toda documentação contábil, relação de gastos, demonstrativos de cumprimento de metas financeiras e de adequação de gastos e respectivos resultados e atividades previstas;

· Coordenar as licitações sendo, carta convite ou pregões;

· Solicitar e guardar os extratos bancários, canhotos de cheques e realizar a sua conciliação.

 

2. PERFIL REQUERIDO : O candidato requerido para o cargo dever apresentar formação de nível superior em Administração e experiência anterior comprovada em gestão de projetos.

3. CONDIÇÕES: Contrato de assessoria na modalidade prestação de serviço.

4. DA INSCRIÇÃO: Os interessados, favor enviar currículo resumido (máximo 4 páginas)

 

As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet. Os currículos deverão ser enviados até 15/04/2011 para lola@amazonianativa.org.br, contendo no assunto da mensagem “Consultor Administração – Nível Superior”.

 

Contatos com a imprensa
comunicacao@amazonianativa.org.br
(65) 3322-2980

Em decisão histórica, STF reconhece direito territorial dos povos indígenas do Parque Aripuanã

17 Jan, 2022

Na decisão a Corte ainda condenou o estado mato-grossense a arcar com despesas do processo. O voto destaca a presença tradicional e histórica dos indígenas na região

Indígenas do povo Kanela sofrem com enchentes e pedem doações de alimentos e água potável

11 Jan, 2022

Os alagamentos vêm prejudicando a produção de alimentos de cerca de 189 pessoas da aldeia Nova Pukanū, localizada na região Araguaia, em Mato Grosso. No local não há água potável e as casas correm o risco de sofrerem novas inundações. Saiba como ajudar os indígenas atingidos por enchentes

Manejo de pirarucu e proteção de Terras Indígenas são destaque no Rio Gastronomia

22 Dez, 2021

Lideranças Deni e Paumari compartilharam suas experiências com os participantes do evento, que provaram diferentes pratos com o pirarucu pescado pelas comunidades
Nossos Parceiros
Ver Mais