19 de maio de 2015

“Este plano pode fortalecer a nossa cultura e caça tradicional, também pode fortalecer a nossa língua materna que já estamos trabalhando em conjunto com os mais velhos. Que são a nossa história juntamente com os professores que vem atuando junto com os caciques. Este plano vem beneficiar futuramente a nossa comunidade como na parte de […]

“Este plano pode fortalecer a nossa cultura e caça tradicional, também pode fortalecer a nossa língua materna que já estamos trabalhando em conjunto com os mais velhos. Que são a nossa história juntamente com os professores que vem atuando junto com os caciques.

Este plano vem beneficiar futuramente a nossa comunidade como na parte de roça tradicional e fortalecimento da cultura que é a festa da menina moça, pintura corporal e plantio tradicional como feijão -fava, feijão- andu, feijão-costela, mandioca – d`agua, cará, taioba, batata-doce, amendoim, abobora, melancia, araruta, banana, urucum e açafrão.

Que as autoridades também possam conhecer a nossa cultura que vem sendo valorizada pelas outras entidades, que o nosso conhecimento é passado de geração a geração.

Por isso este conhecimento esta mais fortalecido na nossa Terra Indígena Pirineus de Souza localizado no município de Comodoro.

Neste território estamos divididos em cinco aldeias em vários grupos que são Sabanê, Tawande, Manduca, Idalamace, Iacolorê, Nechuandê. Também temos a orientação de saúde patrocinado pela SESAI e educação, Semec, SEDUC, FUNAI, CIMI, OPAN esses órgão que contribui nas áreas. Esperamos que o nosso conhecimento seja valorizado pelos outros povos e parentes da nossa região”.

Povos Idalamarê, Nechuandê, Tawandê, Manduca, Ialakolorê e Sabanê

A WEB3 como palco para a arte indígena

29 Jun, 2022

Ampliação das plataformas de exibição e comércio de produções digitais fornecem espaço cada vez maior para atuação de artistas que antes dependiam de curadorias tradicionais para divulgar e comercializar seus trabalhos.

82% das infrações ambientais julgadas pela SEMA-MT levam mais de 5 anos para serem concluídas

29 Jun, 2022

Relatório revela que dos 1012 processos administrativos julgados pelo Consema-MT, entre 2017 e agosto de 2021, apenas 18% foram concluídos em até 5 anos.

Povo Haliti-Paresi realiza expedições para avaliar roteiros de etnoturismo

28 Jun, 2022

Projeto propõe imersão cultural de uma semana em aldeias com exuberantes paisagens.
Nossos Parceiros
Ver Mais