13 de setembro de 2021

A quantidade de empreendimentos hidrelétricos na bacia do Juruena continua a aumentar de forma pouco transparente e criteriosa, comprometendo o uso múltiplo dos rios.

Apresentamos o resumo técnico do monitoramento independente das usinas hidrelétricas na região hidrográfica da bacia do Juruena, realizado pela Operação Amazônia Nativa (OPAN), atualizado até a primeira quinzena de agosto de 2021. O acompanhamento dos avanços das usinas hidrelétricas pretende ser uma ferramenta para os povos e comunidades que estão interessados em fazer valer os seus direitos de consulta livre prévia e informada, conforme acordos e convenções internacionalmente constituídos, tornando os empreendimentos de infraestrutura projetos da sociodiversidade e do bem coletivo.

Créditos: Adriano Gambarini

Baixar



Em decisão histórica, STF reconhece direito territorial dos povos indígenas do Parque Aripuanã

17 Jan, 2022

Na decisão a Corte ainda condenou o estado mato-grossense a arcar com despesas do processo. O voto destaca a presença tradicional e histórica dos indígenas na região

Indígenas do povo Kanela sofrem com enchentes e pedem doações de alimentos e água potável

11 Jan, 2022

Os alagamentos vêm prejudicando a produção de alimentos de cerca de 189 pessoas da aldeia Nova Pukanū, localizada na região Araguaia, em Mato Grosso. No local não há água potável e as casas correm o risco de sofrerem novas inundações. Saiba como ajudar os indígenas atingidos por enchentes

Manejo de pirarucu e proteção de Terras Indígenas são destaque no Rio Gastronomia

22 Dez, 2021

Lideranças Deni e Paumari compartilharam suas experiências com os participantes do evento, que provaram diferentes pratos com o pirarucu pescado pelas comunidades
Nossos Parceiros
Ver Mais