“A vacina é o grande remédio para superar as dificuldades que vivemos na saúde indígena”, diz Ivar Busatto, coordenador geral da OPAN

Apesar de a vacinação já ter começado entre os povos indígenas, as dúvidas ainda são muitas. Pensando no enfrentamento consciente da pandemia, a OPAN produziu uma série de vídeos respondendo a questões sobre o tema.

Com a vacinação, eu e meus parentes já estaremos seguros para voltar a circular normalmente? Quem está acompanhando o plano de vacinação para exigir e verificar a seriedade do processo? Por que os indígenas estão no grupo dos primeiros a receber a vacina contra a covid-19?

Com o início do Plano Nacional de Vacinação e o agravamento da pandemia do coronavírus, essas e outras dúvidas estão circulando nas redes sociais e sobretudo dentro das terras indígenas. E com isso, muitas notícias falsas têm prejudicado o entendimento da população sobre a importância da vacina. Segundo o coordenador geral da OPAN, é essencial ter como referência as pesquisas já desenvolvidas. “Temos que acreditar nas pessoas que mais estudam, nos cientistas, aqueles que testaram essa vacina pelo mundo todo e que mostram que essa é a única maneira de nos livrarmos desse vírus”.

Para tentar esclarecer alguns pontos e afastar dúvidas, Ivar Busatto respondeu algumas perguntas frequentes. Confira nos vídeos abaixo:

 

Contatos para a imprensa
comunicacao@amazonianativa.org.br
(65) 3322-2980/9 8476-5663

NOTÍCIAS “A vacina é o grande remédio para superar as dificuldades que vivemos...

NOTÍCIAS