Nota de falecimento

Jutaí perde importante liderança dos movimentos de base comunitária.

Faleceu nesta madrugada, em Brasília, por complicações cardíacas, Antônio Cândido Gomes, importante liderança do município de Jutaí, bacia do Médio rio Solimões, no Amazonas.

Nascido na comunidade Acapuri de Baixo, em 12 de julho de 1956, desde jovem se envolveu com as causas em prol dos moradores locais, alcançando com parceiros grandes transformações.

Nos anos 80 começou sua atuação comunitária como monitor junto à pastoral da igreja católica. Posteriormente atuou com o Movimento de Educação de Base (MEB), durante 17 anos, no fortalecimento da organização de base e formação de lideranças, sempre enfrentando grandes desafios num município com histórico de exploração e coronelismo.

O sr. Antonio Cândido era liderança nata. Contribuiu para a criação dos sindicatos, associações e por melhores condições de trabalho. Foi professor e atuou na alfabetização de jovens e adultos. Também teve atuação na carreira política, sendo vereador por dois mandatos e vice-prefeito de Jutaí.

Teve destacada atuação para a criação de unidades de conservação, que refletiram diretamente na segurança e qualidade de vida da população.

Nos últimos anos dedicou-se ao manejo sustentável de pirarucu na Associação dos Comunitários do Município de Jutaí, a ACJ, da qual foi presidente.

Casado com Graciete Araújo Gomes, Antônio Cândido deixa os filhos Raimundo, Ramerson, Antônio, Danielle e Deliane Araújo, e seis netos.

A OPAN lamenta o falecimento desta importante liderança e se coloca solidariamente junto aos familiares e amigos.

Contatos com a imprensa

Dafne Spolti
dafne@amazonianativa.org.br
(92) 3213-5088 / 9 8405-1757
(65) 3322-2980

NOTÍCIAS Nota de falecimento

NOTÍCIAS