Partiu Marcelo Aba’re Xavante, o dono do tempo (waihutede’wa)

Nesta semana, partiu Marcelo Aba’re, um respeitado Anhanarowa (grupo de idade) morador de Marãiwatsédé, terra Xavante em Mato Grosso.

Primo do líder Damião Paridzané, Aba’re foi importante companheiro na garantia de sua terra tradicional. Ele já era moço quando em 1966 todos de sua região foram transferidos para a distante São Marcos. Sobreviveu ao sarampo e percorreu muitos caminhos até voltar ao seu território onde seus parentes nasceram.

Nos últimos anos, Marcelo Aba’re, do clã Poredza’õno, por ser grande conhecedor da geografia, dos rios, das plantas, dos diferentes tipos de cerrado e de matas de Marãiwatsédé, foi ele o mestre que, com muita animação, se colocou ao lado do grupo de mulheres (pi’õ) Xavante coletoras de sementes.

Atualmente, junto ao grupo de mulheres coletoras de sementes, composto por 90 pi’õ, o dono do tempo (como era conhecido) repartia carinhosamente sua sabedoria em todas as expedições de coleta nas diferentes regiões de sua terra tradicional para programas de reflorestamento e também para venda através da Rede de Sementes do Xingu.

Acometido repentinamente por uma infecção pulmonar, Marcelo Aba’ré partiu nesta semana deixando muita saudade.

Agora, descanse em paz amigo e grande mestre das pi’õ e dos jovens de Marãiwatsédé.

A você Aba’re, nossa homenagem.

Xavante de Marãiwatsédé e equipe OPAN.

 

Contatos com a imprensa
comunicacao@amazonianativa.org.br
(65) 3322-2980

NOTÍCIAS Partiu Marcelo Aba’re Xavante, o dono do tempo (waihutede’wa)

NOTÍCIAS