08 de setembro de 2010

A Organização de Mulheres Indígenas – TAKINÁ realizou entre os dias 4 a 7 de setembro de 2010, o 9º Encontro de Mulheres Indígenas de Mato Grosso. O evento aconteceu na Aldeia Formoso do povo Paresi, localizada no Município de Tangará da Serra – MT. O tema discutido foi Lei Maria da Penha – Alcoolismo, e […]

A Organização de Mulheres Indígenas – TAKINÁ realizou entre os dias 4 a 7 de setembro de 2010, o 9º Encontro de Mulheres Indígenas de Mato Grosso. O evento aconteceu na Aldeia Formoso do povo Paresi, localizada no Município de Tangará da Serra – MT. O tema discutido foi Lei Maria da Penha – Alcoolismo, e contou com a assessoria de três palestrantes: Maristela Sousa Torres (Assessora da TAKINÁ), Ana Emília (Superintendência da Mulher no Estado de Mato Grosso), Léia Bezerra do Vale (COGER/FUNAI).

As mulheres representantes dos povos indígenas presentes no evento discutiram sobre os problemas que afetam suas vidas, em decorrência do aumento do consumo de bebidas alcoólicas nas aldeias e destacam que quase sempre a violência doméstica está relacionada com o uso dessas bebidas.

Ressaltaram a importância da mulher nos processos educativos dos filhos, desenvolvimento de trabalhos com os jovens e a necessidade de valorizar as leis próprias de cada povo uma vez que as respostas para os problemas que estão enfrentando não virão de fora, dos não-indígenas, mas sim, devem ser debatidos e internamente cada comunidade através do diálogo, valorização dos saberes dos anciões, encontrar maneiras de restabelecer leis próprias e caminhos para o enfrentamento dos problemas para que  homens e mulheres  possam viver com harmonia e melhor qualidade de vida em suas comunidades.

No final do evento as participantes escolheram a Guarujá do Povo Kayabi no Xingu, para a realização do próximo Encontro de Mulheres Indígenas de Mato Grosso, que acontecerá nos dias 04 a 07 de Setembro de 2011.

 

Contatos com a imprensa
comunicacao@amazonianativa.org.br
(65) 3322-2980

Indígenas da bacia do Juruena participam de festival de cinema em Brasília

02 Dez, 2022

Foram selecionadas duas produções audiovisuais do Coletivo Ijã Mytyli de Cinema Manoki e Myky e uma do povo Enawenê-Nawê

Flores, lágrimas e força

28 Nov, 2022

Países insulares seguem sendo grandes propulsores de avanços no debate sobre clima no mundo. Povos indígenas exigem participação em fundo sobre perdas e danos.

A PNGATI e a esperança por dias melhores

09 Nov, 2022

De diversas regiões da Amazônia, representantes indígenas compartilham na COP27 reflexões e experiências sobre a PNGATI à luz do novo governo no Brasil.
Nossos Parceiros
Ver Mais