Arapaima: redes produtivas Protegendo a terra e os recursos naturais, indígenas e ribeirinhos do Amazonas conseguem viver com autonomia e qualidade de vida. Mantém as atividades cotidianas na relação com as águas e com a floresta. Fortalecem sua organização comunitária, gerando renda a partir do uso sustentável das sementes, óleos vegetais e do manejo de […]

Arapaima: redes produtivas

Protegendo a terra e os recursos naturais, indígenas e ribeirinhos do Amazonas conseguem viver com autonomia e qualidade de vida. Mantém as atividades cotidianas na relação com as águas e com a floresta. Fortalecem sua organização comunitária, gerando renda a partir do uso sustentável das sementes, óleos vegetais e do manejo de pirarucu. Os desafios são muitos, mas, construindo sólidas parcerias, melhoram gradativamente a gestão dos territórios para seus filhos e netos. Na imensidão da floresta, a ação de cada comunidade tem reflexo direto no equilíbrio climático e na manutenção da sociobiodiversidade.

Estado e municípios ignoram decisão judicial e não vacinam indígenas que vivem em cidades

Poderes se esquivam de responsabilidade e descumprem determinação do STF. Desde o dia 16 de março, o ministro Luís Roberto Barroso determinou que o poder público garanta também a prioridade de imunização a essa população.

Seis PCHs ameaçam deixar o rio Cuiabá sem peixes

Pescadores e entidades socioambientais realizam campanha para a não aprovação dos licenciamentos das usinas.

Brigadas indígenas reduzem incêndios florestais no interior e entorno de territórios

Estudo aponta que no período de atuação das equipes focos de calor diminuíram em três das quatro TIs analisadas; na TI Myky, redução de queimadas em seu interior foi de 74%
Nossos Parceiros
Ver Mais