01 de novembro de 2018

Arapaima: redes produtivas Protegendo a terra e os recursos naturais, indígenas e ribeirinhos do Amazonas conseguem viver com autonomia e qualidade de vida. Mantém as atividades cotidianas na relação com as águas e com a floresta. Fortalecem sua organização comunitária, gerando renda a partir do uso sustentável das sementes, óleos vegetais e do manejo de […]

Arapaima: redes produtivas

Protegendo a terra e os recursos naturais, indígenas e ribeirinhos do Amazonas conseguem viver com autonomia e qualidade de vida. Mantém as atividades cotidianas na relação com as águas e com a floresta. Fortalecem sua organização comunitária, gerando renda a partir do uso sustentável das sementes, óleos vegetais e do manejo de pirarucu. Os desafios são muitos, mas, construindo sólidas parcerias, melhoram gradativamente a gestão dos territórios para seus filhos e netos. Na imensidão da floresta, a ação de cada comunidade tem reflexo direto no equilíbrio climático e na manutenção da sociobiodiversidade.

Indígenas da bacia do Juruena participam de festival de cinema em Brasília

02 Dez, 2022

Foram selecionadas duas produções audiovisuais do Coletivo Ijã Mytyli de Cinema Manoki e Myky e uma do povo Enawenê-Nawê

Flores, lágrimas e força

28 Nov, 2022

Países insulares seguem sendo grandes propulsores de avanços no debate sobre clima no mundo. Povos indígenas exigem participação em fundo sobre perdas e danos.

A PNGATI e a esperança por dias melhores

09 Nov, 2022

De diversas regiões da Amazônia, representantes indígenas compartilham na COP27 reflexões e experiências sobre a PNGATI à luz do novo governo no Brasil.
Nossos Parceiros
Ver Mais